Rev 011 21/04/2021 23h27

1.01. O Código de Ética da LLConsulte consiste em um conjunto de diretrizes para nortear relacionamentos profissionais no âmbito dos negócios da empresa;

1.02. Não fazer acepção de pessoas em todos os processos de tomadas de decisões no sentido de analisar a competência de um indivíduo tomando como referência prestígio político, econômico ou social. Procurar identificar potenciais parceiros de negócios com qualidades ainda não percebidas no mercado que possam agregar valores em um mútuo crescimento profissional;

1.03. Respeitar a intenção de consumo por parte do cliente, não o induzindo quanto a escolha de produtos diante de ofertas similares oferecidas em concorrência interna, dentro das parcerias com fornecedores. Nesse aspecto, apresentar as vantagens e as desvantagens percebidas em cada produto, deixando o cliente à vontade para decidir;

1.04. Em se tratando de sondagem comercial feita por empresário não contador, observar o princípio da não concorrência com clientes  e nesse sentido devem ser tomados os seguintes procedimentos:

1.04.01. Identificar o profissional de contabilidade que presta serviço ao empresário, caso seja fornecedor do serviço-objeto do produto em negociação;
1.04.02. Havendo a relação com o item 1.04.01, em se tratando do profissional de contabilidade ser um cliente da LLConsulte, antes do fechamento do negócio, verificar se o produto em negociação faz concorrência com o profissional de contabilidade e, caso positivo, encerrar o processo comunicando ao empresário sobre a incompatibilidade do negócio frente a este código de ética;
1.04.03. A negociação em relação ao item 1.04.02 poderá ser retomada se o profissional de contabilidade comunicar a regularidade do seu processo de desligamento do serviço-objeto do cliente;
1.04.04. Caso não seja um cliente da LLConsulte, confirmada a hipótese prevista no item 1.04.01, antes de prosseguir para o fechamento do negócio, entrar em contato com o profissional de contabilidade e verificar a evidência de processo de rescisão do contrato formalizado pelo empresário (aviso prévio) assim como obter informações técnicas, caso seja possível;
1.04.05. Caso o processo previsto no item 1.04.04, não tenha sido confirmado pelo profissional de contabilidade, suspender imediatamente a negociação com o empresário até que o referido seja confirmado;

1.05. Todo atendimento a cliente deve seguir os princípios da escassez, da sequência, do ordenamento e da classificação. Nenhum atendimento deve ser realizado sem passar pela observância dos princípios mencionados;

1.05.01 O princípio da escassez diz respeito aos limites de atendimento e às disponibilidades em agenda, nos turnos de expediente, de maneira que evite o desenvolvimento da síndrome de bournout e possibilite uma boa qualidade no atendimento;
1.05.02 O princípio da sequência diz respeito a identificação de cada demanda por ordem cronológica de registro;
1.05.03 O princípio do ordenamento diz respeito a inclusão em uma ordem de atendimento conforme a escassez, a sequência e a classificação, observando que nenhum atendimento deve ser realizado fora de uma ordem ou baseado em aleatoriedade ou imediatismo;
1.05.04 O princípio da classificação diz respeito à natureza da demanda, definindo o nível de prioridade de acordo com a política de atendimento em fila e por agendamento descrita em http://llconsulte.com.br/agendamentos/;

1.06. No atendimento por suporte remoto, prezar pela transparência nos procedimentos técnicos adotados, pela segurança de dados e pela privacidade do cliente:

1.06.01 Em caso de informações pessoais abertas em aplicativos bancários, e-mails, redes sociais e qualquer outra tecnologia que exponha dados dessa natureza, encerrar o acesso remoto e comunicar o fato ao cliente;
1.06.02 O atendimento somente deverá ser restabelecido caso o problema descrito no item 1.06.01 seja resolvido pelo cliente;
1.06.03 Manter o cliente informado sobre procedimentos em andamento, usando uma linguagem compatível com suas aptidões técnicas;
1.06.04 Registrar todas as ocorrências e dar maior importância a todo erro relatado por cliente;

1.07. Observar o Código de Ética no Zoom em http://llconsulte.com.br/2021/04/21/codigo-de-etica-no-zoom/;

1.08. Observar o Código de Ética no WhatsApp em http://llconsulte.com.br/2021/04/21/codigo-de-etica-no-whatsapp/;

1.09 Em negociações comerciais, se pautar por características, soluções oferecidas e qualidades dos produtos em negociação, pela customização do suporte, e jamais por supostos problemas que a parte interessada tenha relatado em relação às condutas ética e moral do concorrente ora mencionado;

1.10. Prezar pelo diálogo técnico e cordial com profissionais de suporte que atuam em concorrentes;

1.11. Não aceitar nenhum tipo de vantagem em relação a acesso a informação privilegiada no âmbito de governos públicos;

1.12. Para evitar conflito de interesse em serviço de consultoria, não disponibilizar oferta de software que envolva o mesmo objeto de análise de dados e obrigações;

1.13. Não indicar profissional de contabilidade na realização de serviço de consultoria, mesmo que seja solicitado pelo cliente.

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *